quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Falso pastor é preso após estuprar e engravidar enteada de 13 anos


Um falso pastor evangélico de 43 anos foi preso na última terça-feira, 14, em Fortaleza, acusado de estuprar e engravidar a enteada de 13 anos. Em depoimento, o homem confessou o crime e disse que agiu “influenciado pelo demônio”.

O acusado foi capturado por um guarda municipal de Fortaleza no terminal rodoviário do Siqueira. O servidor público reconheceu o falso pastor após a Polícia de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, receber a denúncia sobre o crime e divulgar fotos do foragido.

De acordo com o titular da delegacia de Pacajus, Paulo Freitas, o homem mantinha relações sexuais com a enteada desde que a menina tinha 10 anos. Somente após a garota ter engravidado, há quatro meses, a mãe da adolescente descobriu o crime e denunciou o marido à Polícia.

“Ele se passava por uma pessoa bastante religiosa, pregava de igreja em igreja com a bíblia na mão”, descreveu o delegado ao O POVO, acrescentando que o homem não levantava suspeita da população e nem mesmo da esposa.

Depois de descoberta a gravidez da garota, já de quatro meses, a menina foi encaminhada para acompanhamento psicológico no Conselho Tutelar de Pacajus. O caso também é investigado pelo Ministério Público Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postar um comentário

bate papo

visitantes em todo mundo